Zonas press-fit

Zonas press-fitZonas press-fit

Com as zonas press-fit Schempp+Decker, a Diehl Metal Applications (DMA) oferece uma tecnologia de junção inovadora que dispensa solda e atende às exigências da indústria de autopeças. Dependendo dos requisitos, podemos fornecer tanto superfícies padrão quanto superfícies especiais para zonas press-fit: por exemplo, nosso Schempp+Decker Advanced Indium, Schempp+Decker Advanced Silver Tin e Schempp+Decker Advanced Nickel.

A novidade no nosso portfólio de produtos é a tecnologia de conexão direta SKEDD. A tecnologia SKEDD é uma complementação simples e confiável das tecnologias de solda e press-fit que permite realizar uma conexão direta de terminais PCB.

  • O que é a tecnologia press-fit?
    O que é a tecnologia press-fit? O que é a tecnologia press-fit?

    A tecnologia press-fit é a inserção de pinos de conexão de componentes – em especial de conectores ou contatos simples – em furos metalizados de uma placa de circuito impresso (PCB). O contato entre o pino press-fit e a parede do furo é estanque a gás e caracterizada por boa condutividade. A pré-condição é que a diagonal do pino press-fit seja maior que o diâmetro do furo da placa de circuito impresso. A deformação do pino press-fit e da placa de circuito impresso resulta em uma conexão positiva.

  • Aplicações de produtos
    Aplicações de produtosAplicações de produtos

    Em geral, as zonas press-fit Schempp+Decker são usadas nas seguintes aplicações pelos nossos clientes:

    • Inserção de pino simples
    • Réguas de bornes
    • Caixas de plástico sobremoldadas
  • Vantagens

    A tecnologia press-fit é uma solução inovadora e altamente confiável que traz diversas vantagens em relação à tecnologia de solda tradicional: 

    • Não há defeitos de solda ou problemas de fluxo
    • Não há necessidade de lavagem adicional
    • Não há carga térmica na placa de circuito impresso e nos componentes eletrônicos
    • Instalação rápida nas placas de circuito impresso e boa relação custo/benefício
    • Possibilidade de inserção de componentes em ambos os lados da placa de circuito impresso
    • Reciclagem fácil, pressionando os componentes para fora
  • Inovações para a indústria automotiva

    No setor automotivo, grande parte dos componentes ainda é soldada atualmente, mas o futuro certamente pertence à tecnologia press-fit, pois o uso de contatos com zona press-fit flexível está em franca expansão.

    Para aplicações na indústria automotiva, fabricamos zonas press-fit com espessuras de 0,4 mm / 0,6 mm / 0,8 mm e 1,2 mm. Nossos modelos de zona press-fit Schempp+Decker EPZ EE e Schempp+Decker EPZ EloPin podem ser utilizados em placas de circuito impresso com furos metalizados segundo a norma DIN EN 60352-5 ou especificações do cliente.

  • Qualificação

    No nosso laboratório de testes, realizamos todos os principais testes e ensaios para avaliar a qualidade das conexões press-fit. O escopo dos testes, o procedimento e os valores característicos podem ser definidos com o cliente em função da aplicação.

    Oferecemos os seguintes testes e ensaios: 

    • Inspeções visuais e dimensionais
    • Força de inserção e extração
    • Micrografia e avaliação da microestrutura
    • Resistência elétrica
    • Mudança rápida de temperatura (choque térmico)
    • Variação climática (frio, calor seco e úmido, cíclico)
    • Controle de filamentos (whiskers)
    • Tecnologia de decapagem
  • Qualidade

    Garantimos a qualidade das zonas press-fit. Na produção em série, dispomos de monitoramento contínuo dos processos por meio de sistemas de câmeras ultramodernas e máquinas de medição 3D. Uma das características mais importantes das zonas press-fit é seu comportamento de deformação durante o processo de inserção (curva de deformação) e a força resultante exercida sobre a parede do furo. Determinamos e analisamos a curva de deformação durante todo o processo de produção.

  • Novidades das zonas press-fit Schempp+Decker

    O grupo de trabalho industrial 'Tecnologia press-fit em OSP (Organic Solderability Preservative)' estuda questões relacionadas ao uso de acabamentos OSP em placas de circuito impresso. Para os três tipos básicos de zonas press-fit EoN (Eye of the Needle), SpS (Spring Shape) e CrZ (Cracking Zone), a conexão press-fit para superfícies de placas de circuito impresso com acabamento químico Sn e OSP foi avaliada segundo critérios definidos conjuntamente. Os membros do grupo são fabricantes de contatos e placas de circuito impresso (Tier 2), inclusive a Diehl Metal Applications, fabricantes de autopeças (Tier 1) e montadoras (OEM). Mais informações sobre o programa de teste e os resultados das análises podem ser encontradas no artigo “Einpresstechnik in Cu/OSP-Oberflächen - eine Variante mit Zukunft?" (Tecnologia press-fit em superfícies Cu/OSP – uma alternativa promissora?), publicado em alemão em PLUS 5/2015. 

    Download (PDF)

Produção de protótipos Produção de protótipos

A DMA possui prototipagem in-house equipada com uma grande variedade de ferramentas. Assim, temos a possibilidade de confeccionar amostras com zonas press-fit Schempp+Decker praticamente em condições de fabricação em série e alinhá-las a exigências específicas dos nossos clientes antes de iniciar a produção em série. 

Na fase de desenvolvimento do produto, especificamos os principais parâmetros - tais como geometria das zonas press-fit e revestimento de superfície - e os controlamos na produção em série. Portanto, oferecemos consultoria e suporte aos nossos clientes do início ao fim, passando por todas as fases do projeto.

Os principais valores característicos podem ser controlados e validados segundo a norma DIN EN 60352-5 no nosso laboratório de teste, onde há uma série de instrumentos de teste e medição. Além disso, é possível usar placas de circuito impresso para fins de teste ou de série para determinar e ajustar os parâmetros das zonas press-fit.

  • O que é SKEDD?

    O que é SKEDD? O que é SKEDD?

    SKEDD é um novo tipo de conexão usado em placas de circuito impresso: permite que cabos simples, conectores e outros componentes sejam inseridos diretamente – sem adaptador – e de forma reversível na placa de circuito impresso. A tecnologia vem ao encontro da tendência à miniaturização nos carros de passeio e utilitários, bem como em eletrodomésticos em geral:

    • Redução de espaço e peso
    • Montagem facilitada
    • Processo de reciclagem sustentável
  • Aplicações & vantagens

    Aplicações & vantagensAplicações & vantagens
    Conexão de placas (board-to-board)
    • Conexão de duas ou mais placas de circuito impresso
    • Possibilidade de ângulos de 180° ou 90°
  • Conexão de componentes na placa (component-to-board)
    • Inserção direta do conector na placa de circuito impresso
    • Não há necessidade de adaptador
  • Conexão de cabos na placa (wire-to-board)

    A área de crimpagem permite um engate fácil em corpos isolantes

  • Qualificação

    Qualificação Qualificação

    No nosso laboratório de testes, realizamos todos os principais testes e ensaios para avaliar as conexões. O laboratório opera de acordo com a norma DIN EN 60352-5 e o escopo dos testes, o procedimento e os valores característicos podem ser definidos com o cliente em função da aplicação.

    • Inspeção visual e controle dimensional
    • Força de inserção e extração
    • Micrografia e avaliação da microestrutura
    • Resistência elétrica
    • Mudança rápida de temperatura (choque térmico)
    • Variação climática (calor seco, frio e calor úmido, cíclico)
  • Alemanha, Suíça, Países Benelux, Países Escandinavos, Grã-Bretanha, Américas

    Diehl Metall
    Diehl Metal Applications
    Escritório de vendas Berlim
    Am Stichkanal 6-8
    14167 Berlin
    Alemanha
    Enviar e-mail